terça-feira, 22 de abril de 2008

Mulher, uma flor! - Poema




A suavidade da pétala de uma rosa pode ficar vulnerável a quem tem a intenção de extraí-la, pois sua essência não é oferecer resistência, antes prefere oferecer o seu perfume; mas também não tem desejo de ser despetalada, por isso tem caule forte e com espinhos. Assim é a mulher: linda, perfumada e encantadora. Presta-se a ocupar o seu lugar na história com a força do seu trabalho. Sensível ao ponto de ser confundida como frágil, mas com estrutura firme que serve de esteio para suas conquistas. É essa mulher que os homens estão começando a conhecer.

Sargento Lago

2 comentários:

  1. Linda homenagem, só poderia ser de um homem forte aparentemente,mas terno em seu interior.

    ResponderExcluir
  2. fato e realidade mulheres costumam ser assim qdo querem e podem ,amei,parabéns e obrigada a vc.

    ResponderExcluir