sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Apenas um policial

Eu acordo todo dia cedo, como todo trabalhador. Sou um pai de família, vivo do meu salário, ser humano como outro igual.


Sou um homem da lei a serviço do povo. Orgulho-me de ser o que sou. Eu sou apenas um policial.


Ta “grilado” comigo? Eu não sou o perigo! Não me veja como inimigo! Eu sou apenas um policial, a serviço do bem e a procura do mal.


Eu não tenho Bola de Cristal pra saber quem é quem. Todo mundo é igual.


Respeite-me como um cidadão que está só cumprindo o seu papel. Eu tenho que verificar se está tudo certo. E se está tudo certo, vá com Deus. Redobre a atenção e fica sempre esperto.


Pra manter a ordem não depende só de mim. Cada um tem seu papel. O meu papel é policiar. A regra é clara: tem que respeitar!


Eu não me vendo, quem estiver devendo, não me leve a mal. Eu vou fazer o que a sociedade espera de um bom policial.


crônica/canção de Serginho Meriti e Rodrigo Leite
Intérprete: Sargento Lago

video

7 comentários:

  1. Olá Lago!

    Apesar da pressão, não podemos esquecer quem a gente é. Muito bom!
    Amei.
    bjo!

    ResponderExcluir
  2. Sargento, a gente tá vibrando com seu sucesso pq o senhor é a nossa voz pro povo...

    ResponderExcluir
  3. Sargento é uma honra imensa para toda a nossa corporação possuir como irmão de farda um ser humano como o senhor, seu trabalha exalta aos céus o nosso trabalho que as vezes é mau interpretado e preconceituado pela sociedade!
    Votos de Sucesso, Sd Silvério

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigado Silvério.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  5. Nossa eu não sabia que existia um trabalho assim feito por um policial,é extremamente criativo,suas músicas são ótimas meus parabéns!
    Sua profissão eu respeito muito,vocês podem ganhar pouco,mas tem recompensa melhor do que salvar pessoas?Meus parabens a voce e a todos!!!
    Voce pode não estar dentro da policia,mas pode ajudar a uma pessoa ver o bom da profissão e mudar.

    ResponderExcluir